Show/Hide

Festival de teatro ajidanha 2017: filme “Até ao canto do galo” no CCR

No dia 12 de setembro, pelas 21h30m, será exibido o filme “Até ao Canto do Galo” no auditório do Centro Cultural Raiano, no âmbito da programação do Festival de Teatro ajidanha 2017.

Um projeto “PeriPLUS – Viagens Criativas de Peripécia Teatro”

Ángel Fragua, Noelia Domínguez e Sérgio Agostinho (Interpretação, Argumento e Guião)
José Carlos Garcia (Participação especial)
Elisa Bogalheiro (Direção de Produção)
Dino Gervasoni (Sonoplastia)
Pedro Bessa (Direcção de Fotografia)
Ramón De Los Santos (Argumento, Guião, Montagem e Realização)

Com este projeto criativo a Peripécia Teatro provoca um “curto-circuito” entre o passado e o futuro: A criação de um filme baseado no primeiro espetáculo da Companhia – “IBÉRIA – A Louca História de uma Península”. Após 140 apresentações, divididas por Portugal, Espanha e Brasil para um total de 18986 espetadores, este coletivo irá mergulhar num processo criativo que marcará
certamente um ponto de referência no seu futuro.
Serão contadas histórias da península e suas respetivas fronteiras. Histórias dos atores que contam no teatro a História da península como ninguém tinha feito antes. E que com isso pisaram algumas fronteiras. Uma noite, três cómicos oriundos de três lugares diferentes da Península Ibérica encontram-se num mesmo pesadelo: Estão presos num teatro. Não podem acordar sem antes acabar a peça que tentam ensaiar durante o dia – Um espetáculo mordaz e irónico sobre o imaginário coletivo dos povos ibéricos.
Neste pesadelo, obviamente surrealista e absurdo, os três atores irão enfrentar os seus limites, medos, angústias e capacidades criativas. Terão apenas até ao canto do galo.

Esta criação parte de uma premissa pouco comum na sua proposta de cruzar as fronteiras entre o Teatro, o Cinema e a própria realidade. O interesse aumenta sabendo que o motivo para este desrespeitar de fronteiras é o da História da Península Ibérica e de uma das mais antigas fronteiras do mundo. Tem como protagonistas os nossos dois Países Personagens. Portugal e Espanha. Esta vizinhança que nos leva ainda hoje a rivalidades tradicionais e amores irracionais. A verdade é que grande parte da população pouco sabe sobre a vasta história e cultura dos seus vizinhos. Este filme não pretende ser uma lição de História mas tentará estimular a curiosidade para melhor a conhecer e derrubar fronteiras através de uma das armas mais eficazes para o efeito: O humor. Outro fator diferenciador deste projeto está no desafio de reunir criadores com uma sólida experiência para a cena teatral com criadores com sólida experiência para o ecrã ou a tela. Duas formas distintas de contar histórias, mas que se enriquecem mutuamente. Este projeto permitirá experimentar as possibilidades de criação de um argumento, um guião e um storyboard pouco convencionais. Permite também a possibilidade de experimentar, num mesmo filme, estilos de representação e narração pouco comuns e por isso potencialmente inovadores dentro da produção cinematográfica.

Dezembro / 2015

 

> 12 anos

Posted in Novidades. RSS 2.0 feed.